Homem tenta queimar britânica com véu islâmico em Manhattan

Nova York, 13 Set 2016 (AFP) - Uma britânica muçulmana que usava o véu islâmico foi atacada em pleno coração de Manhattan, em Nova York, por um homem que tentou queimar sua roupa, em um incidente que alimenta os temores sobre uma crescente islamofobia nos EUA.

O ataque ocorreu no sábado, diante de uma loja de luxo da Quinta Avenida, no bairro de Midtown.

A britânica, de 35 anos, contou que andava pela rua quando sentiu queimar a manga de sua camisa.

A polícia não deu detalhes sobre o incidente, limitando-se a informar, nesta terça-feira, que está investigando o caso como um suposto ataque racista.

Na segunda-feira, as autoridades divulgaram imagens do suposto ataque gravadas por câmeras de vigilância.

A representação em Nova York do Conselho para as Relações Islâmico-Americanas, que mantém contato com a vítima e lhe ofereceu assistência jurídica, destacou que a mulher usava o véu islâmico no momento do ataque, mas não pôde afirmar se foi uma ação islamofóbica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos