Suu Kyi se reúne com Theresa May em sua primeira viagem fora da Ásia

Londres, 13 Set 2016 (AFP) - A líder de Mianmar e vencedora do prêmio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, se reuniu nesta terça-feira, em Londres, com a primeira-ministra britânica, Theresa May, em sua primeira viagem oficial fora da Ásia desde que venceu as eleições de 2015.

"A primeira-ministra parabenizou Aung San Suu Kyi pelos progressos conseguidos na transição política após anos de ditadura militar", explicou a equipe de gabinete de May em comunicado.

Depois de expressar seu compromisso de continuar apoiando Mianmar - 118 milhões de libras em ajuda para o desenvolvimento neste ano -, May expressou sua "inquietude pelos abusos de direitos humanos cometidos pelo exército de Mianmar", acrescentou o comunicado.

May não detalhou a que abusos se referia, mas Mianmar recebe queixas recorrentes pela maneira como trata a minoria muçulmana dos rohingyas, principalmente pelos "crimes contra a humanidade", segundo um relatório da ONU publicado em junho.

Aung San Suu Kyi é o símbolo da luta contra a junta militar de Mianmar, que a manteve em prisão domiciliar durante mais de 15 anos.

O partido da ex-opositora, a Liga Nacional para a Democracia (LND), ganhou as eleições legislativas de 8 de novembro de 2015, as primeiras livres no país em mais de 50 anos.

Suu Kyi, ministra do Exterior, ocupa também a nova função de conselheira especial de Estado, que lhe permite comandar o governo, apesar da Constituição herdada da junta militar proibi-la de ser presidente por ter filhos estrangeiros. Por isso, seu antigo aliado Htin Kyaw exerce o papel de presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos