EUA planejam receber 110 mil refugiados no próximo ano

Washington, 14 Set 2016 (AFP) - A Casa Branca revelou planos para aumentar o número de refugiados recebidos para 110 mil no próximo ano, em meio a um debate no país sobre quantos deveriam ser acolhidos.

Antes de uma cúpula sobre a crise global de refugiados na ONU, que acontecerá na próxima semana, o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, afirmou que a meta era receber 30% de refugiados a mais no próximo ano fiscal.

Isso incluiria cerca de 40.000 pessoas do Oriente e do sul da Ásia - uma vasta região que inclui a Síria.

Quase cinco milhões de sírios saíram de seu país desde que a guerra começou em 2011, e os Estados Unidos se comprometeram a receber 10.000 neste ano, assunto que inflamou a corrida presidencial.

Mas na perspectiva de receber mais refugiados, a Casa Branca fez referência à segurança.

"É importante que o povo relembre que as pessoas admitidas nos Estados Unidos sob esse programa deverão ser submetidas a uma revisão e testes mais rigorosos do que qualquer outro indivíduo que entre nos Estados Unidos", disse Earnest.

"O presidente coloca a segurança nacional no topo da sua lista de prioridades. E isso fica claro ao considerar a admissão de refugiados nos Estados Unidos".

A ONU acolherá em 19 de setembro a primeira cúpula sobre refugiados e emigrantes, que será seguida por uma conferência de novas ofertas de ajuda aos refugiados, mediada por Obama.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos