Reino Unido aprova construção da central nuclear de Hinkley Point

Paris, 15 Set 2016 (AFP) - O governo britânico aprovou o polêmico projeto para construir uma central nuclear na localidade de Hinkley Point, um projeto liderado pela empresa francesa de energia EDF com participação de capital chinês.

"Decidimos seguir adiante com a primeira central nuclear em uma geração", afirma o secretário de Negócios Greg Clark em um comunicado, no qual promete a adoção de medidas adicionais de segurança.

Apesar da direção da empresa estatal francesa EDF ter aprovado a participação no projeto de Hinkley Point, no sudoeste do Reino Unido, o novo governo britânico da primeira-ministra Theresa May anunciou no final de julho que precisava de tempo para "examinar cuidadosamente" o empreendimento e estabeleceu prazo até outubro.

O projeto, que tem custo de 18 bilhões de libras (23,6 bilhões de dólares), tem forte apoio do governo francês, que possui 85% da EDF, mas também inclui investimentos do grupo chinês CGN, que ficará responsável por um terço do capital.

Os reatores devem cobrir 7% das necessidades de energia elétrica do país e ajudarão o Reino Unido a combater a mudança climática, afirmam as autoridades.

bur/fp

EDF - ELECTRICITE DE FRANCE

AREVA

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos