Hollande diz que França 'não pode estar sozinha' na defesa europeia

Bratislava, 16 Set 2016 (AFP) - O presidente francês, François Hollande, afirmou nesta sexta-feira que "a França realiza o principal esforço para a defesa europeia, mas não pode estar sozinha", em declarações ao chegar à cúpula de presidentes europeus realizada sem o Reino Unido em Bratislava.

"Bratislava deve representar para os europeus um novo impulso" baseado "em três prioridades": segurança, preparação do futuro e esperança às gerações futuras, disse Hollande.

A decisão dos britânicos, em referendo, de abandonar a UE abriu outra crise no seio do bloco que, a partir deste encontro de 27 na capital eslovaca, tentarão impulsionar novamente o projeto europeu, apesar das divergências entre os Estados.

Após os atentados dos últimos anos no coração da Europa e a crise migratória, as primeiras ações para responder às preocupações de 500 milhões de europeus passarão principalmente pela segurança e pela defesa.

"A defesa europeia é o desafio para a Europa", disse o presidente francês, que desejou que a UE, junto à França, "possa garantir sua própria proteção, sua própria defesa, no âmbito da Otan" com os Estados Unidos.

"Que todo o mundo saiba: se os Estados Unidos decidirem se afastar, a Europa deve ser capaz de se defender sozinha", advertiu.

França e Alemanha planejam propor em Bratislava uma iniciativa comum para lançar operações da UE mais facilmente e obter um maior financiamento europeu em matéria de defesa.

swi-tjc/es/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos