Tufão Meranti deixa 16 mortos ou desaparecidos na China

Pequim, 16 Set 2016 (AFP) - O tufão Meranti deixou ao menos 16 pessoas mortas ou desaparecidas na China e destruiu uma ponte centenária na costa leste do país, informou o governo nesta sexta-feira.

A tempestade é descrita pela agência oficial Xinhua como o tufão mais forte do ano e o pior que já atingiu a província de Fujian desde 1949, quando começou o registro desses fenômenos.

Mas de 330.000 moradores tiveram de ser evacuados, segundo as autoridades.

O tufão, que antes passou pelo extremo sul de Taiwan, tocou em terra em Xiamen na quinta-feira, com ventos de 170 km/h e chuvas torrenciais.

As inundações destruíram uma ponte de 871 anos no município de Yongchun.

Mais de 3,2 milhões de lares tiveram corte de energia e fornecimento de água.

O tufão virou tempestade tropical nesta sexta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos