Ciclista iraniano morre após acidente nos Jogos Paralímpicos do Rio

Rio de Janeiro, 17 Set 2016 (AFP) - O ciclista paralímpico iraniano Bahman Golbarnezhad morreu neste sábado no Rio de Janeiro após sofrer um acidente durante a competição, informou o Comitê Paralímpico Internacional (CPI).

O atleta, de 48 anos, participava da prova de ciclismo quando caiu. Após o impacto, foi levado ao hospital "onde infelizmente faleceu", afirmou à AFP Craig Spence, porta-voz do CPI.

O acidente de Golbarnezhad aconteceu durante a prova de ciclismo de estrado da classe C4-5, para atletas com diversas deficiências, mas que conseguem conduzir uma bicicleta sem ajustes.

O ciclista iraniano caiu da bicileta às 10h40, horário local, em uma "parte montanhosa" do trajeto, completou a organização.

"O atleta recebeu os primeiros socorros no local do acidente, mas enquanto era transferido para o hospital foi vítima de um ataque cardíaco. Ele faleceu pouco depois da chegada ao hospital", explicou o CPI em comunicado.

Segundo informações da imprensa, Golbarnezhad caiu e bateu com a cabeça em uma pedra enquanto passava pela descida de Grumari, na parte final da prova, que foi disputada no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A família do ciclista, que vive no Irã, foi informada de seu falecimento durante a tarde e todos os membros da delegação do país presentes no Rio foram reunidos na Vila Paralímpica, informou a organização.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos