Ex-secretário da Defesa republicano considera que Donald Trump é 'irrecuperável'

Washington, 17 Set 2016 (AFP) - O ex-secretário da Defesa Robert Gates, um republicano, criticou os dois candidatos à Presidência dos Estados Unidos, a democrata Hillary Clinton e seu rival Donald Trump, mas se mostrou muito mais severo com este último, o qual considerou "irrecuperável".

Gates, que dirigiu o Pentágono durante os governos de George W. Bush e Barack Obama, é um dos especialistas americanos mais respeitados em assuntos de segurança nacional. Trabalhou com oito presidentes ao longo de sua carreira e colaborou estreitamente com Hillary Clinton quando ela era secretária de Estado.

Em termos de credibilidade "Trump está em uma categoria que lhe é própria", escreveu em uma coluna de opinião publicada na sexta-feira no site do Wall Street Journal.

"Penso que Trump é irrecuperável", completou. "É obstinadamente ignorante" sobre o mundo, sobre as questões militares americanas e "sobre o próprio governo". Mostrou-se muito "solto sobre o recurso às armas nucleares" e insultou soldados americanos, suas famílias e os chefes militares.

Tem "um temperamento inapropriado para dirigir os homens e mulheres de farda. Não está qualificado, nem é apto para ser o comandante-chefe", completou Gates, que não votará nele.

Contudo, Robert Gates também criticou duramente Hillary Clinton, sobretudo sua oposição ao acordo comercial transpacífico, o qual havia apoiado inicialmente.

Gates estima que Hillary é muito vaga sobre suas intenções a respeito de Vladimir Putin. E que não tem estratégias claras para a Coreia do Norte e o Oriente Médio, que na sua opinião "está em chamas".

Robert Gates, que também liderou a CIA, reprova Hillary em seu fracasso na hora de prever a situação que seguiu a intervenção ocidental na Líbia e inclusive sua mudança de posição sobre a guerra no Iraque.

Para Gates, tudo isso suscita dúvidas sobre a credibilidade da candidata democrata à Casa Branca. O ex-chefe do Pentágono disse que esperará para ver o que Hillary irá propor antes da eleição de 8 de novembro para decidir se vota nela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos