Moscou convocará reunião urgente do Conselho de Segurança da ONU

Moscou, 17 Set 2016 (AFP) - A Rússia convocará uma reunião urgente do Conselho de Segurança da ONU após os bombardeios da coalizão internacional contra uma posição do exército sírio, anunciou a porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Maria Zajarova.

"O embaixador da Rússia na ONU foi encarregado de convocar com urgência uma reunião do Conselho de Segurança sobre essa questão", afirmou Zajarova à rede de televisão Rossia 24.

"Vamos exigir de Washington explicações completas e muito detalhadas que deverão ser expostas ao Conselho de Segurança da ONU", acrescentou.

A Rússia está "muito preocupada" por esses bombardeios fatais que "atingiram diretamente o exército sírio que combatia os contingentes do grupo EI", disse a porta-voz.

"Esses ataques colocam em risco tudo o que foi conquistado até agora pela comunidade internacional", pelo Grupo Internacional de Apoio à Síria, por Moscou e por Washington, padrinhos do processo de paz na Síria, afirmou Zajarova.

A funcionária acusou os Estados Unidos de ser "incapaz de cumprir com seus compromissos" de distinguir entre os "terroristas" do EI e do grupo Frente Fateh al Sham (ex frente Al Nosra) dos opositores sírios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos