Um morto e 12 feridos após briga de elefantes no Sri Lanka

Colombo, 17 Set 2016 (AFP) - Uma briga entre dois elefantes provocou uma debandada na noite de sexta-feira em um templo hindu do sudeste do Sri Lanka, na qual uma mulher morreu e 12 pessoas ficaram feridas.

O dono de um dos elefantes, considerados sagrados no Sri Lanka, tentou deter os dois animais atingindo um deles com um gancho afiado.

Devido à dor, "o elefante fugiu sem ferir ninguém, tentou escapar de seu dono, mas as pessoas entraram em pânico e começaram a correr em todas as direções", informou por telefone um policial contactado pela AFP.

Na noite de sexta-feira, havia grande afluência no templo de Ratnapura, situado 100 km ao sul da capital, Colombo, devido a um desfile religioso anual.

Uma mulher de 60 anos faleceu por um ataque de coração e 12 pessoas tiveram que ser hospitalizadas por ferimentos leves, informou o agente da polícia.

A população de elefantes selvagens do país passou de 7.379 animais, há cinco anos, a 6.000 atualmente, devido ao desmatamento.

O número de elefantes domésticos, que frequentemente desfilam nas festas hindus, também diminuiu, pois as autoridades do Sri Lanka deixaram de entregar permissões de caça de animais selvagens.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos