Ataque rebelde deixa 20 mortos na República Centro-Africana

Bangui, República Centro-Africana, 18 Set 2016 (AFP) - Ao menos 20 pessoas morreram e várias ficaram feridas na República Centro-Africana em um ataque de rebeldes armados na região de Kaga Bandoro, no centro do país, indicou a polícia neste domingo.

"Ao menos 20 pessoas morreram e várias ficaram feridas nos ataques de elementos da antiga Seleka (um grupo rebelde) que começaram na sexta-feira em Kaga Bandoro e nos povoados próximos", indicou à AFP um funcionário da gendarmaria que não quis se identificar.

Os ataques prosseguiram no sábado e "deixaram 19 mortos em vários povoados, entre eles Ndomété, muito afetado pela nova onda de violência" ao redor da cidade de Kanga Bandoro, segundo a mesma fonte.

Por sua vez, a missão da ONU no país (Minusca) indicou em um comunicado que reforçará sua presença em Kaga Bandoro e Ndomété para "prevenir a deterioração da situação".

Kaga Bandoro é o reduto da chamada Frente Popular para a Renovação da África Central (FPRC), liderada por Noureddine Adam, um grupo armado que se formou com membros da antiga Seleka, uma coalizão rebelde de maioria muçulmana.

Em 2013, os rebeldes da Seleka tomaram o poder depois de derrubar o então presidente François Bozizé. O país, de 4,5 milhões de habitantes, viveu então um período de caos, com confrontos entre os rebeldes e as milícias chamadas anti-Balaka, de maioria cristã.

O conflito deixou milhares de mortos e centenas de milhares de deslocados, segundo a ONU.

acp-mc/pc/es/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos