Dois italianos são sequestrados no sul da Líbia

Roma, 19 Set 2016 (AFP) - Dois italianos foram sequestrados no sul da Líbia nesta segunda-feira (19) - anunciou o Ministério das Relações Exteriores em Roma.

Segundo a imprensa italiana, que cita fontes líbias, os dois homens trabalhavam para uma empresa italiana encarregada da manutenção do aeroporto de Ghat, perto da fronteira com a Argélia.

"O Ministério foi informado da situação e, desde que se soube da notícia, está acompanhando os acontecimentos", disse à AFP um porta-voz da pasta.

"Estamos trabalhando com a máxima discrição, levando-se em conta o (aspecto) delicado da situação", acrescentou.

Várias empresas italianas operam na Líbia, e seus funcionários já foram vítimas de sequestro, em diferentes ocasiões, nos últimos anos.

O último caso foi o sequestro, em julho de 2015, de quatro italianos que trabalhavam para uma construtora perto de um complexo da petroleira italiana ENI, na região de Mellitah, ao oeste de Trípoli.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos