Trump acusado de usar dinheiro de Fundação para despesas pessoais

Nova York, 20 Set 2016 (AFP) - O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, utilizou dinheiro de sua fundação para pagar multas e despesas pessoais, em aparente violação da legislação fiscal, informou nesta terça-feira The Washington Post.

O candidato republicano utilizou 258.000 dólares da fundação Trump para pagar multas pessoais, o que não é permitido por lei, destaca o jornal.

Em 2007, a fundação Trump pagou 100.000 dólares a uma associação de veteranos de guerra após um acordo judicial com a cidade de Palm Beach envolvendo a altura não regulamentar do mastro da bandeira dos Estados Unidos em uma das propriedades do magnata.

O jornal descobriu ainda que Trump não contribui com a Fundação desde 2009, e que a entidade está sendo financiada por doações de terceiros.

Segundo a investigação do Washington Post, a Fundação pagou despesas de Trump, como a compra de um retrato seu em um leilão em 2007, por 20 mil dólares.

"É evidente que a fundação Trump não é uma entidade caritativa, da mesma forma que a Universidade Trump não é um instituto de ensino superior", declarou Christina Reynolds, porta-voz de Clinton

"Chegou a hora de (Trump) publicar suas declarações de renda para ver se seus problemas fiscais envolvem suas finanças pessoais".

Os democratas estimam que este caso não está tendo a devida cobertura pela imprensa americana, que consideram ser mais indulgente com Trump do que com Clinton.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos