Egito anuncia detenção de 4 suspeitos após naufrágio de barco de migrantes

Cairo, 22 Set 2016 (AFP) - Quatro supostos traficantes foram detidos no Egito após o naufrágio de quarta-feira de um barco de migrantes que deixou ao menos 42 mortos no Mediterrâneo, anunciaram as autoridades nesta quinta-feira.

Os quatro detidos, todos egípcios, estavam entre as 163 pessoas resgatadas após o naufrágio e foram acusados de "tráfico de seres humanos" e de "homicídio culposo", afirmou uma fonte da Promotoria da cidade de Rosetta (também conhecida como Rashid), norte do país.

str-tgg/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos