General americano diz que Rússia é culpada pelo ataque a comboio na Síria

Washington, 22 Set 2016 (AFP) - O general americano Joe Dunford, comandante do Estado-Maior conjunto, acusou nesta quinta-feira a Rússia de ser responsável pelo ataque contra o comboio de ajuda humanitária na Síria e classificou o fato como uma atrocidade.

Ele disse que dois aviões russos estavam na zona sobre Orum al-Kubra, um povoado da província de Aleppo, onde na segunda-feira ocorreu o bombardeio contra o comboio.

Disse também que havia aeronaves do regime sírio na área, de modo que não se pode dizer de forma conclusiva quem lançou as bombas.

"Em minha opinião, não há dúvidas de que os russos são os responsáveis. A única coisa que não sei é qual avião lançou as bombas", declarou Dunford na comissão das Forças Armadas do Senado.

Moscou nega qualquer responsabilidade na operação e também insinuou que um drone americano Predator estava na área no momento do ataque. Washington nega taxativamente.

wat-lby/ch/jb/lp/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos