ONU retoma ajuda humanitária com envio de comboio a zona cercada da Síria

Genebra, 22 Set 2016 (AFP) - A ONU retomou a ajuda humanitária suspensa na Síria após o ataque letal contra caminhões na terça-feira e enviou outro comboio a uma zona cercada da periferia de Damasco.

"Hoje enviamos um comboio interagências (...) com ajuda de emergência para os habitantes de uma zona cercada da província de Damasco", afirma o porta-voz do Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), Jens Laerke, em um comunicado

"Retomamos a distribuição de ajuda pelo imperativo humanitário, que exige permanecer e proporcionar uma ajuda, inclusive na situação mais difícil", explicou.

Laerke destacou, no entanto, que a necessidade de garantir uma "passagem segura" dos comboios continua sendo uma exigência.

Nos próximos dias, a ONU espera poder levar outros comboios humanitários para as zonas cercadas da Síria, onde vivem quase 600.000 pessoas.

Os comboios serão decididos "caso por caso", indicou Jens Laerke.

Na quarta-feira, a ONU anunciou que estava pronta para retomar os comboios humanitários até locais cercados ou de acesso difícil na Síria, que haviam sido suspensos na terça-feira após um ataque contra um comboio nas proximidades de Aleppo.

O ataque, na segunda-feira à noite, atingiu um comboio que transportava ajuda da ONU e do Crescente Vermelho sírio para 78.000 pessoas em Orum Al-Kubra, ao oeste da província de Aleppo.

Vinte civis e o diretor da unidade local do Crescente Vermelho, Omar Barakat, morreram no momento em que descarregavam os caminhões do comboio.

Dezoito dos 31 veículos do comboio foram destruídos.

Não há certeza sobre a origem do ataque. Washington considerou Moscou responsável, mas a Rússia negou e apresentou um vídeo para apoiar a resposta.

Todas as partes em conflito foram informadas sobre o comboio desta quinta-feira, segundo a ONU.

Desde o início da guerra na Síria, em março 2011, o conflito deixou mais de 300.000 mortos e milhões de deslocados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos