Operação para recuperar Mossul começa nas 'próximas semanas'

Londres, 23 Set 2016 (AFP) - O ministro britânico da Defesa, Michael Fallon, revelou nesta sexta-feira que a operação para cercar a cidade iraquiana de Mossul, em poder do grupo Estado Islâmico (EI), deve começar nas "próximas semanas".

Esta cidade do norte do Iraque, à margem do rio Tigre, constitui o principal objetivo das forças iraquianas, apoiadas pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, na campanha contra os extremistas do EI.

"Não há qualquer dúvida de que o Daesh [acrônimo árabe do EI] aguarda a derrota. Estamos a ponto de liberar a última grande cidade do Iraque: Mossul" - declarou Fallon à imprensa após uma visita de três dias ao Iraque.

"Mossul é uma cidade grande e complexa, mas cairá em breve. Espero que a operação para cercá-la comece nas próximas semanas", disse o ministro, precisando que as forças iraquianas estão se posicionando para as próximas operações.

Na quinta-feira, as forças iraquianas conquistaram Sharqat, cidade 80 km ao sul de Mossul, situada na rota de abastecimento que o Exército deverá utilizar quando lançar a ofensiva.

O governo iraquiano prometeu reconquistar Mossul até o final do ano e comandantes militares americanos deram a entender que a ofensiva começará no próximo mês.

Fallon destacou que a queda de Mossul não significará o fim do EI no Iraque, mas avaliou que o país poderá se livrar dos jihadistas "nos próximos meses".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos