Crimes de abuso sexual infantil aumentam na internet

Haia, 28 Set 2016 (AFP) - O abuso sexual infantil e o assédio sexual aumentaram na internet, alertou nesta quarta-feira a Europol, assinalando que há cada vez mais crianças vulneráveis e vítimas de predadores sexuais.

"Os maus-tratos infantis, ao vivo ou à distância, é uma ameaça que está aumentando", informou o Escritório Europeu da Polícia, com sede em Haia, em seu relatório anual sobre a evolução da ameaça do cibercrime organizado.

"De maneira geral, o cibercrime, por sua extensão, pelos diferentes setores que alcança e os danos humanos e materiais que causa, está chegando a níveis muito elevados", afirma em um comunicado a Europol.

As atividades mais ilegais ocorrem na chamada "darknet", a parte subterrânea da internet, que foge aos controles clássicos.

Antes, os grupos responsáveis por abusos infantis se encontrava principalmente nas Filipinas, mas agora este fenômeno se estende a outros países.

Segundo Steven Wilson, do centro de cibercriminalidade da Europol (EC3), os investigadores enfatizam também o aumento da "revenge porn", que consiste em difundir publicamente a foto íntima de um ex-cônjuge.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos