PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Jovem fere três pessoas a bala em escola após matar pai nos EUA

 Pai e filha se reencontram após tiroteio na Townville Elementary School, em Townville, na Califórnia - Rainier Ehrhardt/AP
Pai e filha se reencontram após tiroteio na Townville Elementary School, em Townville, na Califórnia Imagem: Rainier Ehrhardt/AP

Em Miami

28/09/2016 20h08

Um adolescente matou nesta quarta-feira (28) seu pai e depois feriu duas crianças e uma professora a tiros em uma escola na Carolina do Sul, no sudeste dos Estados Unidos, informaram as autoridades.

Pouco antes do ataque à escola, Jeffrey Osborne, 47 anos, foi morto a tiros em uma casa a 3 km do colégio Townville, no condado de Anderson.

O investigador Greg Shore confirmou à AFP que Osborne era pai do jovem suspeito de atirar no pátio do colégio durante o recreio, às 13H45 local (14H45 Brasília).

O jovem feriu um menino na perna, outro no pé e a professora no ombro, informou o capitão Garland Major, do condado de Anderson.

O jovem foi "detido sem problemas", declarou o oficial, descartando qualquer motivação racial ou terrorista. "A comunidade não está em risco neste momento".

Segundo Major, ainda não se sabe se o jovem tem antecedentes de desequilíbrio mental. A investigação está em "sua etapa inicial".

As autoridades não informaram as idades das crianças feridas.

Joanne Avery, superintendente do distrito escolar ao qual pertence Townville, informou que a escola ficará fechada durante toda a semana.

"Temos o coração partido por este insensível ato de violência", declarou em entrevista coletiva.

O capitão Garland Major destacou a rápida resposta dos agentes da polícia.

Imagens da TV local mostraram a polícia retirando ordenadamente os alunos da escola, que eram colocados em pequenos ônibus custodiados por agentes armados.

A TV também exibiu helicópteros levando as crianças feridas a um hospital próximo. A professora foi transportada de ambulância.

Internacional