Alemanha recebeu 890.000 demandantes de asilo em 2015

Berlim, 30 Set 2016 (AFP) - A Alemanha recebeu 890.000 solicitantes de asilo no ano de 2015, um número inferior à estimativa anterior de 1,1 milhão, e este ano 210.000 pessoas pediram asilo, informou o governo nesta sexta-feira.

Do número total do ano passado, 820.000 foram registrados efetivamente como demandantes de asilo, 50.000 deixaram o país após o registro e 20.000 são menores de idade não acompanhados que ainda não apresentaram um pedido, afirmou o ministro do Interior, Thomas de Maizière.

"Este número (de 890.000) continua sendo elevado", disse o ministro.

A chegada desta quantidade de migrantes em 2015, um recorde, provocou tensão no departamento do governo responsável por processar as solicitações de asilo, assim como a rejeição de parte da opinião pública alemã à política de recepção da chanceler Angela Merkel e seu governo de coalizão, que há um ano abriram as portas aos refugiados.

"Concordamos em dizer que esta situação não pode se repetir", advertiu o ministro. "É por isto que tomamos muitas medidas a nível nacional, europeu e internacional para reduzir significativamente e de maneira duradoura a quantidade de futuros solicitantes de asilo, cumprindo ao mesmo tempo com nossas responsabilidades humanitárias", completou.

Até 21 de setembro, a Alemanha registrou 210.000 solicitantes de asilo para o ano de 2016, revelou o ministro.

No final de agosto, a Agência Federal para os Migrantes e os Refugiados informou que o país receberia em 2016 até 300.000 solicitantes de asilo, um terço do nível de 2015.

bur-jb/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos