Manifestação a favor de migrantes na 'Selva' de Calais deixa vários feridos

Calais, França, 1 Out 2016 (AFP) - Os incidentes entre a polícia e manifestantes que protestavam neste sábado a favor dos migrantes que vivem em um precário acampamento no norte da França, enquanto esperam para cruzar o Reino Unido, deixaram três agentes feridos, informaram as autoridades.

O governo francês anunciou nesta semana que desmantelará completamente até o final deste ano o precário acampamento, onde vivem entre 7.000 e 10.000 migrantes que esperam cruzar para o Reino Unido.

Estes enfrentamentos ocorrem depois de que a prefeitura de Pas-de-Calais proibiu nesta semana a manifestação, que deveria partir da "Selva" e chegar ao centro da cidade.

Segundo a prefeitura se reuniram 200 manifestantes que "pertenciam essencialmente ao coletivo 'No borders'" ou que eram migrantes que moram no campo.

Os agentes utilizaram gás lacrimogêneo e canhões de água para dispersá-los e em resposta alguns manifestantes lançaram pedras.

Nos incidentes um fotógrafo da AFP saiu com ferimentos leves, quando uma pedra "do tamanho de uma maça" caiu em sua cabeça, provocando um corte no couro cabeludo.

Um pouco antes, quatro ônibus que haviam saído de Paris e que transportavam pessoas que pretendiam participar da manifestação ficaram bloqueados a 40 km da cidade.

"Eram militantes de ultra-esquerda parisienses e de migrantes provenientes de Paris", disse à AFP a prefeitura.

mas-tma/nou/mr/an/eg/pr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos