Soldado morre em ataque contra campo militar indiano na Caxemira

Nova Délhi, 2 Out 2016 (AFP) - Um soldado morreu e outro ficou ferido em um ataque, neste domingo (2), contra um campo militar na região da Caxemira sob administração indiana - anunciou um chefe da Polícia local.

"Um homem da BSF (força paramilitar fronteiriça de segurança, em sua sigla em inglês) morreu, e outro ficou ferido", declarou à AFP Imtiyaz Hussain Mir, superintendente da Polícia de Baramulla, onde ocorreu o ataque, cerca de 50 km ao nordeste de Srinagar, a principal cidade dessa região do Himalaia.

Mir disse que os agressores não conseguiram entrar no perímetro da base, onde estão estacionados a BSF e o Exército.

Índia e Paquistão, duas potências nucleares, estão em conflito há quase 70 anos por esse território do Himalaia.

A tensão recomeçou esta semana após o anúncio da Índia, na última quinta-feira (29), sobre bombardeios "cirúrgicos" na fronteira de fato com o Paquistão na Caxemira. Islamabad denunciou "uma agressão" que custou a vida de pelo menos dois de seus soldados.

Cerca de dez dias antes, houve um ataque contra uma base indiana na Caxemira que deixou 19 soldados mortos.

Na sexta-feira (30), a Índia evacuou milhares de habitantes dos povoados fronteiriços com o Paquistão por medo de represálias.

abh-tha/fa/lmm./pr/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos