Ataque suicida em casamento na Síria deixa 22 mortos

Beirute, 3 Out 2016 (AFP) - Uma festa de casamento no noroeste da Síria terminou em tragédia nesta segunda-feira quando um suicida explodiu sua bomba durante a cerimônia, celebrada perto da cidade de Hassaké, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

"Um suicida se explodiu no interior de um salão no povoado de Al-Tall, ao norte de Hassaké, onde era realizado o casamento de um combatente das Forças Democráticas Sírias (FDS)", indicou à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

Depois de um primeiro balanço de 14 mortos, a ONG atualizou o número para 22 vítimas fatais.

As FDS são uma coalizão árabe-curda que combate o grupo extremista Estado Islâmico (EI) com a ajuda dos Estados Unidos.

O organismo indicou que entre os mortos está o noivo e que muitos feridos se encontram em estado grave.

Uma fonte no hospital de Hassaké disse à AFP que "havia mais de 20 mortos e dezenas de feridos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos