Ex-facção síria da Al-Qaeda confirma morte de importante membro

Beirute, 3 Out 2016 (AFP) - O grupo extremista Frente Fateh al Sham, ex-facção síria da Al-Qaeda, anunciou nesta segunda-feira a morte de um de seus dirigentes em um bombardeio da coalizao liderada pelos Estados Unidos, em um comunicado em sua conta no Telegram.

"Ahmed Salama, conhecido como Abu Faraj, o egípcio, membro do conselho da shura [conselho consultivo] caiu como um mártir depois de um ataque aéreo da coalizão internacional a oeste da província de Idleb", noroeste da Síria, informou em um comunicado.

Anteriormente, o Pentágono informou que um ataque aéreo americano dirigido contra um "proeminente" membro da Al-Qaeda na Síria foi realizado nesta segunda-feira.

"Podemos confirmar que tivemos como alvo um proeminente membro da Al-Qaeda na Síria, e estamos avaliando os resultados da operação neste momento", disse o porta-voz do Pentágono, Jeff Davis.

A notícia do ataque coincidia com relatórios de fontes regionais e anúncios em redes sociais de que o egípcio Ahmed Salama Mabrouk, conhecido também por seu nome de guerra, Abu Faraj, teria sido morto.

Davis disse, no entanto, que não podia falar sobre a identidade do objetivo até que o Pentágono confirmasse o sucesso do ataque.

"Cada vez que eliminamos um líder prominente da Al Qaeda, perturbamos e reduzimos seu domínio e controle, e detemos sua expansão", acrescentou.

Mabruk nasceu em 1956, na província egípcia de Guiza.

Era conhecido como um veterano líder da Al-Qaeda e o comandante da Frente Fateh al Sham, a antiga facção da Al-Qaeda na Síria, a Frente al Nusra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos