Farc dispostas a retificar acordo de paz mesmo com derrota no referendo

Havana, 3 Out 2016 (AFP) - O chefe máximo da guerrilha das Farc, Timoleón Jiménez, abriu nesta segunda-feira a possibilidade de retificar o acordo de paz que foi rejeitado, em uma votação apertada, no referendo de domingo na Colômbia.

Este resultado "nos enche de mais entusiasmo, nos compromete muito mais, porque de qualquer forma há diversas leituras e é preciso analisá-las para ver e que é preciso retificar", declarou Jiménez, também conhecido como Timochenko, à W rádio a partir de Havana, sede durante quase quatro anos das negociações de paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos