Farc manterão o cessar-fogo na Colômbia, apesar de referendo

Havana, 3 Out 2016 (AFP) - As Farc manterão o cessar-fogo definitivo na Colômbia, acertado com o governo, apesar do revés no referendo sobre o acordo de paz, anunciou nesta segunda-feira o comandante máximo dessa guerrilha, Timoleón Jiménez, ou "Timochenko".

"Reafirmamos ante a Colômbia e o mundo que as frentes guerrilheiras em todo o país permanecerão com o cessar-fogo bilateral e definitivo como uma medida necessária de alívio às vítimas do conflito e em respeito ao que foi acertado com o governo", declarou Jiménez em um vídeo transmitido de Havana, sede das negociações de paz.

Timochenko acrescentou que a guerrilha se manterá fiel aos acordos, apesar de os colombianos votarem contra o pacto que assinou como presidente Juan Manuel Santos na segunda-feira passada, depois de quatro anos de difíceis diálogos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos