Após fracassar em primeiro debate, Trump pede opinião de seguidores

De Washington

  • Mike Segar/Reuters

    Candidato republicano Donald Trump discursa durante campanha no Arizona

    Candidato republicano Donald Trump discursa durante campanha no Arizona

"Trump deve atacar Hillary Clinton por ser uma política a vida inteira sem experiência na criação de empregos?": esta é uma das 30 perguntas colocadas na internet pela equipe de Donald Trump antes do segundo debate entre os candidatos à Casa Branca.

O candidato republicano à Presidência americana teve notáveis lacunas em seu primeiro embate com Hillary Clinton, em 26 de setembro. Esqueceu de questionar a democrata sobre o caso dos e-mails usados através de um servidor privado quando era secretária de Estado, sobre a Fundação Clinton e sobre o ataque ao consulado americano em Benghazi, na Líbia, em 2012.

"Trump deve fazer referência aos conflitos de interesse da Fundação Clinton?", pergunta a pesquisa, que também enumera todos os slogans e propostas do candidato, poucos dias antes do segundo debate televisionado entre os dois candidatos, no próximo domingo (9).

Elaborado por uma comissão republicana de arrecadação de fundos, o questionário é, antes de mais nada, um meio para conseguir e-mails e doações. Mas manifesta a vontade de Donald Trump de não perder outra oportunidade no próximo debate, que ocorrerá a cerca de quatro semanas da votação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos