Soldado americano morre no Afeganistão em explosão de bomba

Washington, 4 Out 2016 (AFP) - Um soldado americano morreu nesta terça-feira (4), no Afeganistão, em uma explosão na passagem de sua patrulha, durante operações contra o grupo Estado Islâmico (EI) na província de Nangarhar, ao leste do país - informou o Exército americano.

As operações eram realizadas em conjunto com as forças afegãs, acrescentou o comando das forças americanas no Afeganistão em um comunicado.

O episódio foi registrado no distrito de Achin, na província de Nangarhar, fronteiriça com o Paquistão.

Os Estados Unidos ainda têm 9.800 soldados no Afeganistão, mas seu número será reduzido para 8.400 na semana que vem.

Esses soldados estão encarregados de assessorar e formar as forças afegãs, mas também têm a missão de combater o EI. O grupo tenta se implantar no Afeganistão.

Os militares americanos e afegãos avaliam que conseguiram confinar os extremistas a três distritos da província de Nangarhar, em lugar dos dez onde estavam no início do ano. Os EUA também disseram ter reduzido sua presença pela metade, a menos de 1.500 combatentes.

Em meados de agosto, o Pentágono anunciou ter matado o chefe do EI no Afeganistão e no Paquistão, Hafez Said, em uma operação aérea.

wat-lby/bdx/fj/cn/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos