Vices de Clinton e Trump se enfrentam em duro debate

Farmville, Estados Unidos, 5 Out 2016 (AFP) - Os candidatos a vice de Hillary Clinton e Donald Trump, respectivamente Tim Kaine e Mike Pence, protagonizaram nesta terça-feira um debate quente na TV, no qual defenderam suas virtudes para chegar à Casa Branca e repetiram as acusações esgrimidas pelos candidatos à presidência.

O democrata Kaine e o republicano Pence iniciaram o debate tratando de explicar por que se julgam capazes de ocupar a vice-presidência dos Estados Unidos, mas em poucos minutos passaram a defender - com extremo vigor - os cabeças de chapa.

Kaine, senador e ex-governador do estado de Virgínia, narrou sua experiência na vida pública e disse estar pronto para acompanhar Clinton, que definiu como uma candidata "mais que confiável e altamente qualificada" para conduzir os destinos do país.

O vice democrata declarou que a ideia de "Trump como comandante (das Forças Armadas) assusta terrivelmente", e acrescentou que não consegue entender como Pence pode "defender o estilo egoísta e ofensivo de Trump".

Já Pence, governador do estado de Indiana, respondeu que é a campanha de Clinton que explora insultos diariamente, em referência às críticas constantes dos democratas à candidatura de Trump.

Repetindo um tema que Trump cita regularmente em seus discursos, Pence recordou que "enormes porções do mundo, em particular no Oriente Médio, estão fora de controle" e que a atual situação na Síria "é resultado da débil política externa que Hillary Clinton ajudou a conduzir" como secretária de Estado.

Kaine relembrou durante todo o debate a negativa de Trump de divulgar suas declarações de impostos, enquanto Pence reafirmou que Clinton pretende aumentar os impostos.

As relações de Trump com o líder russo, Vladimir Putin, e os questionamentos sobre a transparência da Fundação Clinton também foram temas permanentes no debate.

A jornalista que mediou o debate teve que fazer um extraordinário esforço durante os primeiros 30 minutos diante de um caótico festival de interrupções e acusações mútuas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos