Papa e líder dos anglicanos, unidos pelo bom humor

Cidade do Vaticano, 6 Out 2016 (AFP) - O papa Francisco e o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, demonstraram bom humor nesta quinta-feira em um encontro no Vaticano com uma piada muito comum entre os clérigos: "qual é a diferença entre um litúrgico e um terrorista?".

Os jornalistas presentes não escutaram o líder dos anglicanos fazer a pergunta, mas todos ouviram a resposta do pontífice: "pode-se negociar com um terrorista!".

E para os vaticanistas não há dúvidas de que a pergunta era sobre a diferença entre um terrorista e um litúrgico, especialista em sacramentos que costuma ser intransigente.

Um vídeo curto enviado pelo Twitter pelo porta-voz do Vaticano, Greg Burke, mostra os dois homens muito risonhos enquanto estavam no escritório do papa.

Na quarta-feira, o ambiente foi mais solene, quando o líder dos católicos e o dos anglicanos comemoraram os 50 anos de aproximação entre as duas igrejas no templo de San Gregorio al Celio, em Roma.

Destacaram, entretanto, em um comunicado comum que apareceram novas divisões, "em particular sobre a ordenação de mulheres e assuntos sobre sexualidade".

Na igreja anglicana, as mulheres podem ser ordenadas desde 1992 e representam hoje a terça parte do clero.

O anglicanismo nasceu de uma divisão com a Igreja Católica no século XVI, após o papa se recusar a anular o casamento do rei Henrique VIII. Os anglicanos não reconhecem desde então a autoridade do pontífice.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos