Rajoy quer diálogo urgente com socialistas sobre sua investidura na Espanha

Madri, 6 Out 2016 (AFP) - O chefe do Governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou nesta quinta-feira que deseja dialogar com "celeridade" e "absoluta franqueza" com os socialistas, que debatem se permitirão que o líder conservador forme um novo executivo para evitar novas eleições.

Em suas primeiras declarações desde a revolta no Partido Socialista que culminou com a saída de seu líder Pedro Sánchez, Rajoy afirmou que quando puder falará com Javier Fernández, à frente da comissão gestora que dirige interinamente o PSOE.

"A única coisa que vou dizer é que é necessário um governo na Espanha rapidamente e que realizar eleições outra vez é um grande disparate", disse Rajoy aos jornalistas. "Quero um diálogo na maior celeridade possível e tê-lo com absoluta franqueza", afirmou.

O líder conservador, no poder desde 2011, garantiu que não imporá "nenhuma condição" aos socialistas para evitar as terceiras eleições em um ano, cujo resultado favoreceria a direita e seria desastroso para o PSOE em plena crise.

Assessores de Rajoy sugeriram nos últimos dias que a direita poderia pedir ao PSOE que se comprometa a garantir certa estabilidade a um futuro governo em minoria do Partido Popular (PP, direita).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos