Chefe das Farc: 'único prêmio que buscamos é Paz com justiça social'

Havana, 7 Out 2016 (AFP) - O chefe máximo das Farc, Timoleón Jiménez, disse nesta sexta-feira que a guerrilha busca apenas um único prêmio, o de paz com justiça social e sem paramilitarismo para a Colômbia, depois que o presidente Juan Manuel Santos ganhou o Nobel da Paz.

"O único prêmio que buscamos é o da #PazComJustiçaSocial para a #Colômbia sem paramilitarismo, sem retaliações nem mentiras #PazALaCalle", escreveu em sua conta no Twitter Timochenko, como também é conhecido Rodrigo Londoño, líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O chefe máximo das Farc regressou à capital cubana depois da assinatura do histórico acordo de paz com Santos, que foi rejeitado em referendo no domingo passado pelos colombianos, deixando em suspenso o futuro do processo de paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos