Epidemia de cólera atinge o Iêmen (Unicef)

Sana, 7 Out 2016 (AFP) - Uma epidemia de cólera foi detectada no Iêmen, onde o sistema de saúde piorou muito devido à guerra civil do país, anunciou nesta sexta-feira o escritório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em Saná, citando autoridades de saúde iemenitas.

"As autoridades de saúde anunciaram que foram confirmados casos de cólera na capital, Saná, enquanto há outras suspeitas [de casos] na cidade de Taez (sudoeste)", informou a Unicef em um comunicado.

A agência da ONU acrescentou que estava trabalhando com seus sócios para "estabelecer a amplitude exata da epidemia" confirmada na quinta-feira pelas autoridades iemenitas, segundo afirmou.

"As crianças estão expostas a um risco particularmente alto se a atual epidemia de cólera não for contida urgentemente, ainda mais levando em conta que o sistema de saúde do Iêmen está arrasado com a continuação do conflito" armado, avisou o representante da Unicef no Iêmen, Julien Harneis.

"Se não forem tratados, os casos graves de cólera poderão matar até 15% das pessoas afetadas em algumas horas", segundo o comunicado.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou, citando o Ministério de Saúde iemenita, que oito casos de cólera, que afetam em sua maioria crianças, haviam sido detectados em um bairro de Saná e estavam sendo tratados como desidratação aguda em uma "parte isolada" do hospital Al Sabiine da capital.

"A escassez de água potável agravou a situação de saúde, que já era ruim no Iêmen, provocando um aumento significativo dos casos de diarreia aguda, em particular entre os deslocados do interior do país" afetando "mais de três milhões de pessoas", indicou a OMS em um comunicado.

Os serviços de saúde se viram muito atingidos pela guerra no Iêmen, que já dura mais de 18 meses, entre os rebeldes xiitas hutis e as forças pró-governamentais.

O conflito, que gerou uma grave crise humanitária, deixou mais de 6.700 mortos e ao menos três milhões de civis deslocados, segundo a ONU.

A cólera ocasiona uma severa diarreia e desidratação que pode ser mortal. Ela é provocada pela ingestão de água ou alimentos contaminados pela bactéria Vibrio cholerae, presente nas fezes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos