Defesa Civil do Haiti confirma 336 mortos por furacão Matthew

Porto Príncipe, 8 Out 2016 (AFP) - O furacão Matthew deixou pelo menos 336 mortos em sua passagem pelo Haiti no início desta semana, anunciou neste sábado a Defesa Civil do país caribenho, em um balanço provisório.

"Os primeiros dados do (departamento) Grande Anse começam a chegar", declarou neste sábado à AFP a diretora de Defesa Civil, Marie-Alta Jean-Baptiste.

"Considerando as dificuldades de acesso a certas zonas e sobretudo, as dificuldades de comunicação, não podemos dar um balanço definitivo antes de quarta-feira", disse.

O departamento de Grande Anse, situado na trajetória que seguiu o furacão, é o mais afetado. Até a manhã deste sábado, as autoridades haviam informado sobre 191 mortos e 80 feridos.

Algumas autoridades locais das zonas afetadas estimam que o balaço oficial é subestimado. Segundo o senador Hervé Fourcand, o furacão Matthew causou a morte de pelo menos 400 pessoas no departamento Sul, que ele representa, enquanto que a Defesa Civil só contabilizou 78 mortes neste local.

"Somos muito prudentes frente a certos números que vemos circular, sem que necessariamente saibamos quem os comunicou e sem que tenhamos detalhe sobre as circunstâncias das mortes", comentou Jean-Baptiste.

Toda a parte do sul do país foi prejudicada por fortes chuvas e as sequelas do Matthew, que era categoria 4 e levava ventos de até 230 quilômetros por hora quando atingiu o Haiti.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos