Reator nuclear israelense é rebatizado de "Shimon Peres"

Jerusalém, 9 Out 2016 (AFP) - O centro nuclear que Israel tem no deserto de Neguev será rebatizado com o nome de Shimon Peres, considerado o "pai" do programa atômico israelense, anunciou neste domingo em um comunicado o gabinete do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

"O centro nuclear de Dimona será rebatizado com o nome Shimon Peres, que trabalhou tanto para que esse importante centro a fim de que que a segurança de Israel viesse um dia", disse em comunicado.

Netanyahu informou essa decisão ao governo israelense, acrescentou o comunicado.

Shimon Peres, falecido em 28 de setembro aos 93 anos de idade, promoveu, durante sua longa carreira política, o programa nuclear israelense.

Nos anos 1950 teve um papel chave no desenvolvimento das capacidades nucleares de Israel ao fechar um acordo secreto com a França para a construção do reator de água pesada de Dimona, no deserto de Neguev (sul). O reator esteve em operação até 1962.

Israel é considerada a única potência nuclear do Oriente Médio, embora Tel Aviv mantenha a ambiguidade sobre suas capacidades militares. O país nunca confirmou ter um arsenal atômico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos