Ataque contra peregrinos xiitas no Afeganistão

Cabul, 11 Out 2016 (AFP) - Três pessoas dispararam contra um grupo de peregrinos xiitas em Cabul, reunidos perto de uma mesquita por ocasião da festa muçulmana da Ashura, informou o ministério do Interior.

Dois três atacantes que abriram fogo, dois mortos, indicou a fonte, sem mencionar outras vítimas. O terceiro agressor fugiu e está sendo procurado.

A polícia evacuou os peregrinos presentes no lugar, segundo a imprensa local.

A mesquita de Kahte Sakhi, onde ocorreu o atentado, está situada perto da Universidade de Cabul, uma área onde vivem membros da minoria xiita.

A ameaça de atentados contra esta população e contra os locais de culto xiita é considerada muito séria por ocasião das celebrações e muitas embaixadas estrangeiras restringiram seus movimentos e viagens até o fim da semana em Cabul.

A Ashura, que será celebrada nesta quarta, recorda a morte do imã Hussein, neto do profeta Maomé, assassinado em 680 e cujo fim trágico constitui um episódio fundador do xiismo.

Para os xiitas do mundo inteiro, esta celebração é o símbolo da luta contra a opressão.

O último atentado contra a minoria xiita afegã, em 23 de julho em Cabul, matou 84 pessoas, deixou 130 feridos e foi reivindicado pelo Estado Islâmico.

us-ach/cls/jz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos