Derrota será 'perda de tempo e energia', diz Trump sobre campanha

Washington, 13 Out 2016 (AFP) - Donald Trump se pronunciou em termos muito pessoais sobre a disputa pela Casa Branca e admitiu, nesta quarta-feira (12), que, se for derrotado por Hillary Clinton, sua campanha terá sido "a maior perda" de tempo e de energia.

A menos de um mês das eleições, o magnata do setor imobiliário lembrou a seus seguidores no norte do estado da Flórida que terá gasto cerca de US$ 100 milhões de sua fortuna na campanha.

"Se não ganhar em 8 de novembro, vou considerar a maior perda de tempo, energia e dinheiro", declarou o candidato republicano a uma multidão em Ocala, quase 500 km ao noroeste de Miami.

"Não poderemos reduzir seus impostos, proteger sua Segunda Emenda (da Constituição, que estabelece o direito a portar armas), nomear juízes da Suprema Corte, cuidar dos seus veteranos e resolver o Exército", insistiu.

Na Flórida, Trump disse que Hillary é uma criminosa que escapou da condenação por seu uso de um servidor privado de e-mail quando era secretária de Estado.

"As vidas de outras pessoas foram arruinadas, destruídas por apenas uma fração do que Hillary fez", lançou.

"Tenho vergonha do que aconteceu com nosso país, e vocês também", afirmou.

Trump acusou Hillary de querer "dissolver as fronteiras dos Estados Unidos", referindo-se a um e-mail hackeado, aparentemente de um assistente da ex-senadora, que incluía trechos de seus discursos privados a bancos de Wall Street e outras corporações.

Aparentemente, Hillary teria dito a um banco brasileiro em 2013: "meu sonho é um mercado hemisférico comum, com livre-comércio e fronteiras abertas, em algum momento no futuro, com energia que seja tão verde e sustentável quanto pudermos".

Hoje, a candidata democrata estava no Colorado, onde sua chefe de campanha denunciou a "política de terra arrasada" de Trump destinada a afugentar os eleitores das urnas.

"Sentimos que a energia está crescendo no lado democrata", celebrou Jennifer Palmieri aos jornalistas, acrescentando que o registro de democratas para votar cresceu em alguns estados-chave.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos