Michelle Obama diz que comentários de Trump sobre mulheres são intoleráveis

Em Washington

  • Jim Cole/ AP

    Michelle Obama discursa durante campanha para a candidata democrata Hillary Clinton

    Michelle Obama discursa durante campanha para a candidata democrata Hillary Clinton

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, criticou os comentários de teor sexual do candidato republicano Donald Trump sobre as mulheres, afirmando que são intoleráveis e vergonhosos.

"Isso não é normal. É vergonhoso. É intolerável. Não importa a que partido pertença -- Democrata, Republicano, independente --, nenhuma mulher merece ser tratada dessa forma, ninguém merece esse tipo de abuso", disse Michelle em um comício para apoiar Hillary Clinton em New Hampshire.

"Nem posso crer que estou dizendo que um candidato a presidência dos Estados Unidos se vangloriou de atacar sexualmente as mulheres. Isso não foi um papo de vestiário. Isso foi um indivíduo poderoso falando livre e abertamente sobre conduta de predador sexual", afirmou.

"Isso não tem a ver com política. É uma questão de decência. De distinguir o certo e o errado", disse a mulher de Obama, que é graduada em advocacia na Universidade de Harvard.

"Chegou o momento de se colocar de pé e dizer: chega!", acrescentou.

Trump descartou nesta quinta-feira como mentiras as acusações de ter tocado e beijado sem autorização várias mulheres, e atribuiu a culpa dessas notícias à "imprensa mentirosa".

"Estas acusações são todas inventadas. São pura ficção e são totais mentiras", afirmouTrump em um comício na Flórida sobre as seis mulheres que acusaram o magnata de assédio sexual.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos