Suspeito sírio que se matou na Alemanha não tinha risco de suicídio iminente

Dresden, Alemanha, 13 Out 2016 (AFP) - O sírio Jaber al-Bakr, que se suicidou na noite de quarta-feira na prisão dois dias depois de sua prisão suspeito de preparar um atentado na Alemanha, não apresentava um risco de suicídio "iminente", declararam nesta quinta-feira as autoridades penitenciárias da Saxônia (leste).

O suspeito, que se enforcou com sua camiseta, foi considerado "tranquilo" por um psicólogo que falou com o jovem detido e vigiado várias vezes por hora, explicou o chefe desta autoridade, Rolf Jakob, em uma coletiva de imprensa, ressaltando que "não foi identificado" nenhum "risco de suicídio iminente".

alf-jb/pa/app/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos