Washington estreia no guia Michelin, mas sem as três estrelas

Washington, 14 Out 2016 (AFP) - O famoso guia Michelin distribuiu seu primeiro punhado de estrelas em Washington nesta quinta-feira, enaltecendo a "gastronomia única" da capital americana, marcada por uma diversidade de influências, mas sem conceder seu reconhecimento máximo.

Três chefs ganharam duas estrelas, entre eles o espanhol José Andrés, e nove restaurantes, uma, na primeira edição do guia Washington 2017. Nenhum, no entanto, ganhou o reconhecimento máximo - as três estrelas.

"Gente dos Estados Unidos e do mundo, gente da Espanha! Recebi o chamado! @MichelinUSA", escreveu no Twitter Andrés, premiado com duas estrelas pelo Mini Bar, seu restaurante para apenas 12 comensais nos quais se come olhando para os fogões.

Radicado em Washington desde a década de 1990, José Andrés, de 47 anos, aprendeu seu ofício com o célebre catalão Ferran Adria, tornando-se posteriormente uma personalidade da capital americana, com sua dezena de restaurantes de influências espanholas, misturadas com sabores latino-americanos e asiáticos.

Recentemente, ele se envolveu em uma polêmica com o candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, depois que este fez declarações ofensivas a imigrantes mexicanos.

O Mini Bar é um dos restaurantes de mais alto nível da cidade, onde o prato pode chegar a custar 275 dólares, sem contar bebidas, impostos e gorjeta.

Ali, os clientes podem degustar uma "cozinha particularmente vanguardista e inovadora, apresentada com a opção de um menu degustação com pratos inusitados e lúdicos", segundo o Michelin.

Outro agraciado com duas estrelas foi um recém-chegado, o Pineapple and Pearls, inaugurado em abril por Aaron Silverman, de 34 anos.

"Seus pratos com sabores justos refletem um amplo leque de influências" em um menu degustação de 250 dólares, destacou o guia.

Este jovem chef do vizinho estado de Maryland recebeu também uma estrela por seu primeiro restaurante, Rose's Luxury, com preços mais acessíveis.

A ausência das três estrelas nesta primeira edição "deve ser colocada em contexto", disse Michael Ellis, diretor internacional dos guias Michelin, lembrando que entre os cerca de 21 mil restaurantes que constam no guia Michelin, pouco mais de cem estão nesta categoria.

"Precisamos de um pouco mais de tempo para dar uma terceira estrela, mas ter três restaurantes de duas estrelas em uma cidade do tamanho de Washington já é um bom desempenho", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos