Jesuítas escolhem o venezuelano Arturo Sosa Abascal como superior da ordem

Cidade do Vaticano, 14 Out 2016 (AFP) - O venezuelano Arturo Sosa Abascal foi eleito nesta sexta-feira Superior Geral dos jesuítas, cargo popularmente conhecido como o "Papa Negro", anunciou a ordem em um comunicado.

"A 36ª Congregação Geral da Companhia de Jesus escolheu o padre Arturo Sosa Abascal, da província da Venezuela, Superior Geral", afirma o comunicado da ordem, à qual também pertence o papa Francisco.

Sosa, 67 anos, sucede no cargo o espanhol Adolfo Nicolás, de quem era conselheiro geral e que renunciou ao posto no início de outubro.

Formado em Filosofia e com doutorado em Ciências Políticas, Sosa também atuava até agora como delegado para a Cúria e as casas e obras interprovinciais da Companhia de Jesus em Roma.

O novo superior dos jesuítas, que fala espanhol, italiano, inglês e compreende francês, tem uma longa trajetória na docência e pesquisa. Sosa publicou diversas obras, algumas delas sobre história e política venezuelana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos