EUA, GB e ONU pedem cessar-fogo no Iêmen

Londres, 16 Out 2016 (AFP) - Estados Unidos, Grã-Bretanha e ONU pediram neste domingo ao governo do presidente Abd Rabbo Mansur Hadi e aos rebeldes xiitas um cessar-fogo no Iêmen, onde a guerra já deixou 6,9 mil mortos desde março de 2015, quase a metade civis, segundo as Nações Unidas.

"Chegou a hora de estabelecer um cessar-fogo sem condições e, em seguida, sentar à mesa de negociações", disse o secretário de Estado americano, John Kerry, após uma reunião em Londres sobre o conflito.

Rebeldes huthis controlam desde 2014 a capital, Sanaa, e outras regiões do Iêmen, obrigando o governo a se exilar.

Em 2015, uma coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita lançou uma operação militar para apoiar as forças leais ao governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos