Ao menos 56 rebeldes mortos em combates com o exército no Sudão do Sul

Malakal, Sudão do Sul, 17 Out 2016 (AFP) - Ao menos 56 rebeldes morreram no fim de semana em combates contra as tropas governamentais perto de Malakal, nordeste do Sudão do Sul, anunciou nesta segunda-feira o porta-voz do exército, general Lul Ruai Koang.

"Do nosso lado, perdemos quatro combatentes e 20 ficaram feridos", disse Koang, antes de informar que os combates começaram com um ataque dos rebeldes, partidários do ex-vice-presidente Riek Machar, perto da segunda maior cidade do país, Malakal.

O Sudão do Sul, que proclamou sua independência em julho de 2011, entrou em guerra civil dois anos e meio depois, quando o presidente Salva Kiir acusou Machar de preparar um golpe.

O conflito deixou dezenas de milhares de mortos e 2,5 milhões de deslocados, além de ter provocado uma grave crise humanitária.

str-cyb/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos