Casal e três filhos morrem em bombardeios noturnos em Aleppo

Beirute, 18 Out 2016 (AFP) - Os bairros rebeldes da cidade síria de Aleppo sofreram na noite de segunda-feira intensos bombardeios que mataram um casal e seus três filhos, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Os ataques aéreos foram registrados antes de Moscou anunciar na manhã desta terça-feira uma suspensão dos ataques russos e sírios em Aleppo a partir das 07h00 GMT (05h00 de Brasília).

O OSDH afirmou à AFP que "na noite de segunda-feira os aviões russos realizaram bombardeios aéreos intensos contra muitos bairros do leste de Aleppo como Sukari, Ferdus, Bustan al Qasr, Sajur e outros".

No bairro de Bustan al Qasr, um edifício atingido por uma bomba desabou com todos os habitantes em seu interior, contou um correspondente da AFP, que viu cinco cadáveres, alguns de crianças.

O OSDH confirmou que cinco integrantes de uma mesma família (um casal e seus três filhos) morreram neste bombardeio.

Segundo esta organização radicada no Reino Unido e com uma rede de fontes no país, os rebeldes também realizaram disparos contra os bairros de Aleppo controlados pelo regime do presidente sírio Bashar al-Assad.

O regime sírio e a Rússia, sua aliada, realizam desde 22 de setembro uma ofensiva para tomar o controle dos bairros rebeldes da segunda cidade mais importante da Síria, dividida desde 2012 entre um setor a oeste pró-governamental e outro a leste, em poder dos insurgentes.

lar-ram/bpe/erl/app/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos