Socialistas espanhóis decidirão no domingo se deixam Rajoy governar

Madri, 18 Out 2016 (AFP) - Os socialistas espanhóis realizarão no domingo uma importante reunião na qual decidirão se autorizam um governo da direita ou mantêm a oposição a Mariano Rajoy, o que levaria a Espanha a realizar eleições em dezembro, anunciaram nesta terça-feira.

O comitê federal do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), uma espécie de "parlamento" interno integrado por cerca de 300 dirigentes, se reunirá na sede nacional em Madri no domingo, indicaram à AFP duas fontes do grupo.

"Confirmo que a reunião será realizada no domingo às 09h30 da manhã" (05h30 de Brasília), indicou uma fonte socialista.

"O que existe é uma escolha entre a abstenção (para permitir um governo de Rajoy) ou as eleições. É isso que existe e é sobre isso que vamos discutir", disse antes do anúncio da data Javier Fernández, que dirige interinamente o PSOE.

A reunião será realizada a uma semana da expiração do prazo para empossar um novo governo, em 31 de outubro. Se isso não ocorrer, a Espanha realizará eleições provavelmente em 18 de dezembro, que serão as terceiras em um ano, algo inédito na Europa.

O conservador Partido Popular (PP), sem maioria absoluta no Parlamento, espera que o PSOE ceda à pressão e decida se abster em um futuro debate de investidura, o que permitiria colocar em andamento um governo dirigido por Rajoy, acabando com dez meses de interinidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos