Eleições americanas: Trump reconhecerá resultado se for 'o vencedor'

Delaware, Estados Unidos, 20 Out 2016 (AFP) - O candidato republicano à Presidência dos EUA, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (20) que aceitará o resultado das eleições de 8 de novembro, se for "claro", reservando-se o direito de apelar se considerá-lo "questionável".

"Aceitarei um resultado claro das eleições, mas também me reservo o direito de responder e apresentar acusações legais em caso de um resultado questionável", disse Trump durante um comício na cidade de Delaware, em Ohio.

Nesse mesmo discurso, Trump antecipou que aceitará o resultado da eleição presidencial, mas gerou confusão, ao acrescentar que isso acontecerá apenas se ele for o vencedor.

"Quero prometer a todos meus eleitores (...) que aceitarei totalmente os resultados dessa grandiosa e histórica eleição presidencial", disse Trump, ressaltando: "se for o ganhador".

No terceiro e último debate com sua rival, a democrata Hillary Clinton, na noite de ontem em Las Vegas, Trump causou mal-estar e preocupação ao evitar se comprometer a respeitar o resultado da eleição.

Nesta quinta, em Delaware, Trump insistiu na possibilidade de uma "manipulação" da eleição.

"Queremos que a eleição seja justa, e isso não tem nada a ver comigo, mas com o futuro do país. Temos de ter uma eleição justa", insistiu.

Trump também disse que Hillary "trapaceou" no debate, já que recebeu antecipadamente - segundo ele - as perguntas que seriam formuladas.

"É uma pessoa muito desonesta", completou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos