Exército turco anuncia bombardeios contra grupos curdos na Síria

Ancara, 20 Out 2016 (AFP) - O exército turco anunciou ter executado uma série de bombardeios contra as milícias curdas na região síria de Aleppo e afirmou que matou até 200 combatentes, informa a agência Anadolu, ligada ao governo.

De acordo com a agência, que cita um comunicado militar, 18 alvos foram atingidos em Maarrat Umm Hawsh, zona norte da cidade de Aleppo. No ataque morreram entre 160 e 200 membros das Unidades de Proteção Popular, braço armado do partido curdo sírio, afirma a Anadolu.

Até o momento nenhuma fonte independente confirmou o balanço.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos, uma ONG com uma ampla rede de fontes na Síria, informou sobre bombardeios aéreos na região, mas não divulgou um balanço de vítimas.

Ancara iniciou em setembro uma operação terrestre na região norte da Síria em apoio aos rebeldes da oposição síria e para expulsar o grupo extremista Estado Islâmico (EI) da fronteira, assim como os rebeldes curdos do PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão) e das YPG, duas organizações que a Turquia considera "terroristas".

Na quarta-feira, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan advertiu: A Turquia "não vai esperar mais que os problemas batam a sua porta. Agora vamos atrás deles onde estiverem".

bur-raz/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos