Ataques de coalizão árabe matam 60 em centro de detenção no Iêmen

Adem, 30 Out 2016 (AFP) - Sessenta pessoas, em sua maioria prisioneiros, morreram em ataques aéreos atribuídos à coalizão árabe sob o comando da Arábia Saudita contra prédios dos serviços de segurança edifícios controlados pelos rebeldes huthis no Iêmen.

"Os feridos (nos bombardeios de sábado) são dezenas", indicou o chefe dos serviços de saúde da província de Hodeidah.

A maioria das vítimas eram opositores dos huthis ou prisioneiros comuns que estavam detidos em dois dormitórios em um centro de detenção, informou a autoridade sob condição de anonimato.

Segundo ele, mais de cem detentos estavam presos nos dormitórios no momento do ataque aéreo na cidade de Zaidia, ao norte da cidade de Hodeidah.

"Estávamos prestes a dormir quando fomos atingidos. Fugimos e um segundo ataque atingiu-nos de.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos