Quatro soldados egípcios são mortos no Sinai

Cairo, 30 Out 2016 (AFP) - Quatro soldados egípcios morreram na península do Sinai, onde o braço local do grupo extremista Estado Islâmico (EI) opera regularmente - informou o porta-voz do Exército, neste domingo (30), em sua página no Facebook.

Os quatro soldados morreram em operações militares realizadas perto das localidades de El Arish, Rafah e Sheikh Zueid, próximo à fronteira com a Faixa de Gaza, relatou o general de brigada Mohamad Samir.

Seis extremistas foram abatidos nessas operações, e outros detidos, acrescentou a mesma fonte.

Em El Arish, três policiais e três civis ficaram feridos quando um suicida explodiu seu carro-bomba perto de um comboio das forças de segurança, indicou o Ministério do Interior do Cairo. O EI reivindicou a autoria desse ataque.

ht-emp/cmk/iw/iba/age/mb/tt

FACEBOOK

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos