EUA: congressistas pedem a Kerry que mantenha apoio à paz na Colômbia

Washington, 3 Nov 2016 (AFP) - Onze congressistas americanos enviaram uma carta ao secretário de Estado dos EUA, John Kerry, nesta terça-feira (2), para lhe pedir que mantenha o apoio ao processo de paz na Colômbia e ajude a preservar os avanços obtidos.

Em sua carta ao chefe da diplomacia americana, os 11 legisladores - todos democratas - defenderam que "o objetivo deveria ser ampliar o consenso em favor do acordo de paz".

Por isso, "lhe pedimos (...) que estimule aqueles que estão à mesa de negociações colombiana a resguardar os avanços alcançados, em nome das vítimas, das mulheres, dos afro-colombianos, dos povos indígenas e de outras minorias, nos acordos existentes".

"Entendendo o quão ínfima foi a margem que derrotou o plebiscito, respeitosamente recomendamos pôr o bem-estar da Colômbia à frente de partidos, ou de opiniões", manifestam os congressistas, acrescentando que "a sugestão seria a mesma, caso o 'sim' fosse vencedor por um nível tão mínimo".

Para os signatários da carta, entre eles o vice-presidente da Comissão de Assuntos Exteriores da Câmara de Representantes, Elliot Engel, os delegados do governo e da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) passaram por uma experiência "transformadora", ao conhecer de primeira mão as necessidades das vítimas desse conflito.

"Novos atores neste diálogo - e potencialmente em negociações diretas - não passaram por essa experiência transformadora, não entraram em contato diretamente com as vítimas que apresentaram seus casos e histórias aos negociadores", completa o texto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos